José Vitor Leme é o campeão brasileiro de 2017

By: Jorge Cardoso - PBR Brasil -  segunda-feira, 21 de agosto de 2017 @ 01:20

Foto por Alberto Gonzaga - PBR Brazil

BARRETOS (SP) – O competidor José Vitor Leme é o atual Campeão Brasileiro pelo Monster Energy PBR, principal campeonato de montarias em touros do país. O atleta garantiu o título depois de fazer a maior nota da noite, 88,50 pontos, a bordo do touro Zorro, da Cia Pemag, durante a final da etapa de Barretos.

Além do título nacional, ele terminou a temporada como Campeão da Etapa de Barretos e Revelação do Ano. José Vitor Leme se iguala a Luciano de Castro como os únicos atletas no mundo a realizarem esse feito.

“Sempre tive o Luciano como uma inspiração para mim. Eu acompanhei quando ele venceu e comemorei muito. Hoje, estar aqui, fazendo igual a ele, significa muito para minha carreira e como profissional”, disse.

O atleta foi o único a parar nos cinco touros que encarou durante toda a etapa, e se manteve na liderança do campeonato. Ao final, ele chegou com 82,61% de aproveitamento, tendo feito 38 paradas em 46 montarias, nos 11 eventos que disputou.

Agora, de acordo com José Vitor, o foco é nos Estados Unidos. "Tenho passaporte e estou pronto para embarcar. Vou me dedicar às aulas de inglês e quero muito encarar esse novo desafio. Será importante para minha carreira", disse.

José Vitor vem de um outro esporte muito querido no Brasil, o futebol. Aos 18 anos, ele resolveu trocar as chuteiras pelas arenas. "Eu não estava contente, é muito difícil chegar a times grandes, e não apenas pela nossa habilidade, mas por questões burocráticas. Como eu sempre amei a montarias em touros, resolvi me dedicar e colho os frutos hoje".

A segunda melhor nota da final de Otniel Gonçalves, com 86,75 pontos, a bordo do touro Jogo do Amor, da Cia Califórnia. O terceiro lugar foi para Junior Cezar Quaresma, que ficou os oito segundos sobre o touro Bulling, da Cia Tony Nascimento. Fernando da Conceição foi o quarto melhor, com 84,75. Ele encarou o touro Babado Forte, da Cia F. Bulls.

Entre os touros, o melhor foi Bipolar, da Cia Paulo Emílio.