MAIS UMA COPA PARA O CAMPEÃO GUILHERME MARCHI

By: Por Justin Felisko - PBR EUA  segunda-feira, 28 de maio de 2018 @ 16:27

Foto por Andy Watson/BullStockMedia.com

Highlights

  • Pela sexta vez consecutiva o campeão mundial Guilherme Marchi foi convocado para representar o Brasil
  • Guilherme conquistou seu título mundial em 2008, no mesmo ano que o time brasileiro venceu a primeira Copa do Mundo
  • Dos oito atletas convocados 7 deles estão no topo do ranking mundial

Pela sexta vez consecutiva o campeão mundial Guilherme Marchi foi convocado para representar o Brasil na Global Cup, ele é o único atleta do PBR que participou de todas as Copas Mundiais.

Guilherme conquistou seu título mundial em 2008, no mesmo ano que o time brasileiro venceu a primeira Copa do Mundo na cidade Gold Coast, na Austrália.

Neste ano a Copa Mundial será novamente na Austrália, é a segunda vez que o País sediará esse evento.

“Estou feliz por estar novamente na equipe, estive em todas as copas globais. Estou feliz por participar novamente e poder motivar meus amigos”, conta.

Marchi está com 35 anos e é o competidor mais experiente da equipe brasileira. Ele é o único brasileiro com mais de 30 anos que monta pelo Brasil.

O time brasileiro é composto por novos talentos do PBR, como o atual líder mundial Kaique Pacheco, José Vitor Leme, Dener Barbosa, Luciano de Castro, Claudio Montanha Jr., Ramon de Lima e Eduardo Aparecido.

O que diferencia a equipe brasileira é a quantidade de atletas entre o top 10 mundial, dos oito convocados 7 deles estão no topo do ranking.

"Quase todo mundo é jovem, apenas Eduardo, Kaique e José Vitor já estiveram na Global Cup. Nós temos uma boa equipe e todos eles montam muito bem. Dener estará de volta na Copa Global também. Kaique tem montado muito bem. Luciano, José, Eduardo e Claudio, todos são bons. Estou feliz por estar neste time”, disse.

Por enquanto, o competidor está focado em curtir algumas semanas em casa antes de ir para a Austrália e competir junto com o time brasileiro.

Os competidores brasileiros terminaram a Copa de 2017 em segundo lugar e Marchi concordou que o time de 2017 não era tão unificado quanto precisava para conquistar a vitória.

"Precisamos ficar juntos e focar no mesmo objetivo, sermos fortes mentalmente e fisicamente para conquistarmos a vitória”, diz.

Marchi acrescentou que espera que o time deste ano seja muito mais forte. "Eu acho que vai ser um pouco diferente este ano em relação ao ano passado. Tivemos uma boa equipe no ano passado com Rubens Barbosa e Silvano Alves lá para nos ajudar, mas este ano será um pouco diferente porque eles querem estar lá, estão famintos e querem representar o Brasil. Sabemos que os americanos têm uma equipe forte, o México tem uma equipe melhor que o ano passado. O time da Austrália conhece os touros e eles montaram muito bem no Canadá. Vai ser uma competição divertida este ano", conclui Guilherme.