Detalhamento dos pontos mundiais disponíveis na Final Mundial da PBR 2020 em Arlington

By: Com informação de Justin Felisko  quinta-feira, 29 de outubro de 2020 @ 11:03

Foto por Bullstockmedia

O Comitê de Competição da PBR finalizou a quantidade de pontos mundiais disponíveis na PBR World Finals 2020 depois de haver mudanças no número de rounds, saindo de seis para cinco em quatro dias de competição. O evento será realizado de 12 a 15 de novembro, no AT&T Stadium, em Arlington, no Texas.

Um competidor pode ganhar no máximo 1060 pontos ao vencer todos os rounds e o evento. Anteriormente seriam 1040 pontos no formato com seis rounds, caso fosse realizado em Las Vegas, no T-Mobile Arena. A mudança ocorreu devido às regras de combate à Covid-19 naquele local.

Pontos por round na Final Mundial: 100, 50, 45, 40, 35, 30, 25, 20, 15, 10, 6, 5, 4, 3, 2 (os 15 primeiros finalistas por round ganham pontos).

Pontos da somatória de notas na Final Mundial: 560, 350, 250, 150, 134, 114, 90, 62, 30, 15, 5, 4, 3, 2, 1 (os 15 primeiros colocados ganham pontos).

O Comitê de Competição rapidamente começou a trabalhar para resolver o que fazer com o sistema de pontuação quando soube que a Final Mundial seria uma competição de quatro dias e cinco rounds.

As mudanças em relação a corrida ao título são mínimas, com um competidor sendo capaz de ganhar apenas 20 pontos a mais do que na estrutura de pontos original. O Comitê não fez alterações na quantidade de pontos disponíveis para a somatória de notas, e o vencedor do evento da Final Mundial ainda ganhará 560 pontos.

Os vencedores dos rounds na Final agora ganham 100 pontos, em vez de originalmente ganharem 80. O comitê basicamente pegou os pontos que estariam disponíveis em um sexto round e os distribuiu pelos cinco rounds em Arlington.

“Você ainda tem esses pontos, mas eles são divididos nos rounds anteriores”, disse o membro do Comitê de Competição da PBR e apresentador do RidePass, Colby Yates. “É um pequeno ajuste.”

Quem está matematicamente na disputa?

Tecnicamente, os 20 melhores competidores do ranking mundial da PBR são matematicamente elegíveis para o título de melhor cowboy do mundo com um máximo de 1.165 pontos disponíveis para um atleta, caso ele vença todos os rounds da Final do Pendleton Whiskey Velocity Tour (6 a 7 de novembro em Sioux Falls, Dakota do Sul) e os da Final Mundial da PBR: Unleash The Beast.

Claro, seria um milagre para o nº 20 Ramon de Lima (-1.093,34 pontos atrás) realizar essa façanha e obter a ajuda necessária para vencer o campeonato. Para um cowboy ter uma boa chance de conquistar o título de 2020, ele provavelmente precisará estar a 650 pontos do líder do campeonato.