Kaique Pacheco vence 15/15 em Oklahoma City e se mantém líder; Leme é o vice no ranking

By: Jorge Cardoso  domingo, 18 de abril de 2021 @ 03:10

Foto por Bullstockmedia

Os brasileiros dominaram a disputa do 15/15 Bucking Battle em Oklahoma City, provando mais uma vez que eles querem trazer o décimo segundo título para o país. A questão é quem será o responsável por fazer o frete da fivela de campeão da temporada 2021 da PBR (Professional Bull Riders) Unleash The Beast. E a disputa nas primeiras colocações está acirrada.

Mas Kaique Pacheco mostrou porque é o número um da tabela e um dos favoritos ao carreto ao empacotar 94,00 pontos em Chiseled, que até então dominava o ranking dos touros. Esta foi a maior nota do campeão mundial de 2018 em uma etapa da Unleash The Beast — em 2015, durante etapa de Guymon, em Oklahoma, Pacheco fez 94,00 a bordo de SweetPro’s Bruiser, valendo pela Velocity Tour.

O resultado aumenta a liderança do brasileiro em 59,00 pontos, chegando agora aos 645,50 pontos na tabela.

Enquanto Kaique Pacheco ajeitou a carga, José Vitor Leme apareceu embalada sinalizando que deseja ultrapassar e se tornar o líder. O campeão mundial de 2020 chegou na segunda colocação do 15/15 Bucking Battle com 92,50 pontos em Top Shelf, oitava nota na casa dos 90 nesta temporada.

Leme deixou para trás Cooper Davis e assumiu a vice-liderança do Mundial como 540,00, apenas 105,50 de diferença de Pacheco. No top 10, o sul-mato-grossense detém o maior índice de aproveitamento, ficando com 70,59%.

Pontuando mais um pouco para o ranking, já que venceu o round inicial da etapa, João Ricardo Vieira ficou na terceira colocação da etapa depois de fazer 91,00 pontos em Diddy Wa Diddy.

Vieira vence primeiro round e aperta campeões mundiais em Oklahoma City

E fechando a noite dos brasileiros está Dener Barbosa, que parou em Amato com 88,25 pontos. Ambos se mantêm em quarto e quinto colocados no mundial, com 475,50 e 320,33 pontos respectivamente.

Os fãs podem acompanhar as disputas da semifinal e final neste domingo, a partir das 15h45 (horário de Brasília) ao vivo pelo RidePass, acessando pelo site ou aplicativo. É necessário assinar o streaming para acompanhar.