Novato, Adriano Salgado lidera a etapa PBR de Maringá

By: Lindsay Finotello / PBR Brasil  sábado, 12 de maio de 2018 @ 11:15

Foto por Alberto Gonzaga / PBR Brasil

Highlights

  • Vinte e cinco atletas participaram da competição, entre eles o líder do ranking brasileiro Fernando Henrique Novais
  • Novato, Adriano Salgado conquistou 88 pontos, a maior nota do round
  • Giliard Antônio montou o touro Mau Carater (Cia California) e contabilizou 82 pontos

Foi com a arena lotada e com um público contagiante que o primeiro round da etapa PBR em Maringá começou. Vinte e cinco atletas participaram da competição, entre eles o líder do ranking brasileiro, Fernando Henrique Novais, que voltou dos Estados Unidos para montar no Brasil até o fim do recesso de verão.

Mas a estrela da noite foi o novato Adriano Salgado que montou no touro Carcamano (Cia Guto Paglione) e conquistou 88 pontos, a maior nota do round. O atleta montou pela primeira vez na PBR nesta sexta-feira e já está na liderança do evento.

A montaria mais esperada pelo público nesta noite foi do paranaense Leandro Machado que foi ovacionado pelos fãs durante os oito segundos em que ficou no touro Dia de Luto (Cia Guto Paglione). O atleta parou no touro e ganhou 86 pontos.

Giliard Antônio montou o touro Mau Caráter (Cia California) e contabilizou mais 82 pontos. Este é o segundo evento que o atleta participa desde que sofreu a lesão no quadril e ficou um ano e dois meses afastado. O primeiro foi em São José do Rio Pardo no final do mês de abril.

A final da etapa de Maringá é domingo, 13 de maio. No sábado ocorre o segundo round da etapa. Os oito melhores pontuados se classificam para a disputa do título.

 

Novo atleta

Adriano Salgado, 19 anos, nasceu em Batatais-SP. O competidor participou do primeiro evento da PBR nesta sexta-feira e saiu na liderança do evento.

Em 2016 o atleta participou de um curso com o tricampeão mundial Adriano Moraes e neste ano conseguiu entrar para o maior campeonato de montaria em touros do mundo.

Desde criança o atleta convive com os animais e começou a montar muito jovem. Os pais que montavam em touros foram os maiores exemplos para ele e sempre incentivaram Adriano a ingressar nesse esporte.

“Meu pai e minha mãe montavam em touros e desde pequeno eu montava nos bezerros. Sempre morei em fazenda e sempre gostei dos animais, acho que está no sangue”, disse o competidor.