Guilherme Marchi se despede das arenas com vitória em Goiânia

By: Jorge Cardoso / PBR Brasil  domingo, 2 de dezembro de 2018 @ 00:52

Foto por Alberto Gonzaga / PBR Brasil

A etapa do Monster Energy PBR, principal campeonato de montarias em touros do país, que aconteceu na noite deste sábado, dia 01, em Goiânia, foi histórica. Três motivos reforçam essa afirmação: o novo conceito que a PBR Brasil trouxe ao esporte, a vitória de Guilherme Marchi e a despedida das arenas.
O público vibrou com cada aparição de Marchi nos telões e na arena, aplaudindo de pé, emocionado. Isso mostra o quanto o esporte tem crescido e criado ídolos, como Marchi. “Adriano Moraes é sem dúvidas uma lenda. Mas o que eu vi hoje à noite aqui é um legado de Guilherme Marchi para o esporte”, deixou claro Sean Gleason, CEO da PBR, que esteve em Goiânia acompanhando a etapa.
“Uma carreira é cheia de altos e baixos. E a gente tem de acreditar sempre, nunca desistir de lutar. Eu, mesmo me aposentando, tive de lutar até o último touro para conseguir terminar com uma vitória. Essa é a vida do cowboy”, comentou o campeão, emocionado, durante entrega da fivela.
Outro ponto que a noite trouxe foi Guilherme Marchi conquistar a fivela do Monster Energy PBR em Goiânia com três paradas consecutivas. No round 1, ele encarou o touro Combinado, da Cia WR Manasses, ficando com 76,00 pontos (preferiu a nota do que um novo touro). No segundo round, ele ficou em terceiro lugar com 84,00 pontos a bordo do touro Toque Final, da Cia Fortaleza. No round final, ele precisou apenas de 87,00 pontos sobre o touro Som de Peão, da Cia Washington Scatolin para superar os 90,75 pontos de Marco Eguchi e conquistar a fivela de Goiânia.
“Guilherme é um competidor completo, aguerrido e muito dedicado. Um exemplo de atleta para a nova geração se espelhar”, comentou Adriano Moraes, diretor da PBR Brasil e tricampeão mundial, que também foi uma inspiração para Marchi.
O terceiro e último ponto a se observar é o novo formato proposto pela PBR Brasil ao esporte de montarias em touros, mostrado em Goiânia.
Com um público estimado em 6 mil pessoas, o Goiânia Arena foi transformado em um palco para o espetáculo entre o touro e seu competidor, foram usados 450 metros cúbicos de terra e 24 metros cúbicos de areia branca; 22 talhas de uma tonelada em iluminação; 9,6 toneladas de silo de milho para alimentação dos 80 touros; 04 climatizadores específicos para touro; mais de 80 caixas de som; além de show pirotécnico, iluminação, e equipe composta por aproximadamente 50 profissionais, dentro do Goiânia Arena.
“Goiânia é uma cidade especial para o PBR. O evento foi sensacional e a despedida com o Guilherme Marchi marcou história nesta nossa fase do país. Vamos trabalhar ainda mais para uma temporada forte em 2019”, explicou Philippe Menezes, diretor da IMM, empresa organizadora do evento.
Mais sobre a PBR - Criada em 1992, a PBR (Professional Bull Riders) é a maior organização mundial de montaria em touros e um fenômeno desportivo global, presente nos Estados Unidos, Brasil, Canadá, México e Austrália, e foi constituída pela união de 20 competidores, que acreditaram que o sonho em comum se tornaria realidade.
Hoje, a PBR promove cerca de 250 etapas por onde passa, como em Las Vegas, nos Estados Unidos, e em Barretos, no Brasil, e suas transmissões atingem mais de meio bilhão de domicílios em 40 nações e territórios pelo mundo.
O mundial da categoria é o 25th PBR: Unleash the Beast, responsável por reunir 35 dos melhores atletas da modalidade, de diferentes nacionalidades, que viajam por todo o Estados Unidos disputando etapas em busca de pontos para o tão sonhado título e do milionário prêmio de US$ 1 milhão de dólares.
A empresa também tem revelado grandes nomes do esporte, como os brasileiros Adriano Moraes e Silvano Alves, ambos os únicos tricampeões da modalidade. Eles se unem a outros atletas brasileiros e, juntos, deixam o Brasil com nove títulos mundiais nessas 24 finais realizadas até hoje.
No Brasil, a PBR está presente desde 2006, promovendo campeonatos nas arenas dos estados de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Paraná. Suas principais etapas são realizadas dentro dos maiores eventos agropecuárias e rodeios nessas regiões.
Mais sobre a IMM - A IMM é uma empresa brasileira que atua nas áreas de Esporte, Entretenimento e venda de ingressos.
Na área de Esporte, a empresa produz eventos de grande porte e que fazem parte do calendário do país, os destaques são: Rio Open (maior torneio de tênis da América do Sul), o UFC, o PBR – Professional Bull Riders (maior liga de montaria em touros do mundo), os jogos da NBA Global Games realizados no Brasil em 2013, 2014 e 2015 e possui participação na Go Cup, no maior torneio de futebol infantil da América Latina. Com ampla experiência nesta área, já produziu a regata de volta ao mundo Volvo Ocean Race e uma plataforma de eventos de golfe com chancela do PGA.
Em Entretenimento, a empresa tem uma sociedade com a Rock World S.A, detentora da marca Rock in Rio e promove o Cirque Du Soleil em suas turnês no Brasil. Em 2015 lançou a área de Family Entertainment com foco em grandes musicais da Broadway, como Cantando na Chuva, Pequena Sereia e em 2019 produzirá o Sunset Bouvelard. A IMM é promotora também do evento gastronômico Taste São Paulo e recentemente, adquiriu a São Paulo Fashion Week, o mais importante evento de moda do país.
A IMM possui sua plataforma de ticketing - TUDUS, que é responsável pela venda de ingressos online e off-line para os eventos da empresa e de terceiros. A área conta com projetos importantes, como venda de ingressos para NBA, show Paul McCartney, Circuito Banco do Brasil, Rio Open e mais de 30 teatros entre Rio e São Paulo.