Nova Iorque recebe a primeira etapa do mundial de montarias da PBR

By: Jorge Cardoso / PBR Brasil  quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 @ 15:40

Andy Watson/BullStockMedia.com

Highlights

  • Etapa de Nova Iorque marca o início da Temporada 2019
  • Fãs pode acompanhar ao vivo pelo RidePass.com ou pelo aplicativo
  • Rafael Vilella e Adriano Moraes fazem as transmissões ao vivo pelo RidePass

História

Mesmo ainda comemorando o décimo título mundial de montarias em touros, os fãs do esporte mais radical da Terra começam 2019 pensando no décimo primeiro. A corrida pelo Unleash the Beast, campeonato mundial da modalidade, organizado pela PBR (Professional Bull Riders), será nesta sexta-feira, 4 de janeiro, no Madson Square Garden, em Nova Iorque.

O evento será transmitido ao vivo pelo portal RidePass, exclusivo para assinantes, com a narração de Rafael Vilella, locutor oficial da PBR no Brasil, e comentários de Adriano Moraes, tricampeão mundial da modalidade.

Entre os brasileiros que disputam a etapa, destaque é para José Vitor Leme. O atleta é considerado um fenômeno do esporte por ter quebrado vários recordes em sua primeira temporada no Brasil e também nos Estados Unidos.

No Brasil, o competidor conquistou três títulos em uma mesma noite, sendo campeão da etapa de Barretos (cidade onde foi realizada a final do Monster Energy PBR, o campeonato brasileiro da modalidade), o de Rookie oh The Year (Revelação do Ano) e o título de Campeão da Etapa Nacional. Naquele mesmo ano, Leme foi para os Estados Unidos e conquistou vaga na Final Mundial em Las Vegas, sendo o campeão da etapa e o Rookie of The Year nos Estados Unidos.

Leme terminou o mundial de 2018 em como vice-campeão, atrás apenas do também brasileiro Kaique Pacheco, que ficou com o título.

“Desde que cheguei aos Estados Unidos tenho mantido um bom ritmo, com excelentes montarias. Treinei muito no final do ano, logo depois da temporada, me preparando para agora. Vou lutar pelo título mundial esse ano”, comentou Leme.

Além da disputa do 15/15 Bucking Battle, na sexta, os 35 melhores competidores do mundo se enfrentam até o domingo pelos primeiros pontos do ranking.

 

15/15 Bucking Battle

O primeiro desafio dos atletas será a disputa pelo 15/15 Bucking Battle, logo na sexta-feira. Os 15 melhores do ranking mundial (ainda da temporada passada) iniciam essa disputa, com exceção de Pacheco, campeão mundial, que ainda segue em tratamento para se recuperar de uma lesão no joelho.

A rodada de bônus especial concede 150 pontos para a classificação mundial e US $ 7.000 em dinheiro para o atleta. Tais pontos podem não parecer muito, mas cada evento 15/15 Bucking Battle pode ter um papel crucial na corrida pelo título.

Em 2018, Kaique Pacheco faturou 600 pontos com as vitórias neste prêmio bônus, o que o podem ter ajudado a conquistar o título, já que ficou apenas 422,5 pontos de Leme na classificação final.

Leme terá de encarar o touro Cochise em seu primeiro desafio do ano. Em 2018, os dois se encontraram em Kansas City, sendo melhor para o touro, que derrubou Leme com 1.5 segundos.

“Cochise é um touro muito grande e forte”, disse Leme. “Não é o estilo dos touros que eu geralmente gosto de montar. Ele é um touro que não admite erros e espero tentar da melhor forma desta vez”.