Leme vence em Nashville em final de semana de recordes

By: Jorge Cardoso  domingo, 22 de agosto de 2021 @ 19:48

Foto por Bullstockmedia

O brasileiro José Vitor Leme ficou com o título da etapa da PBR (Professional Bull Riders) Unleash The Beast realizada Nashville, Tennessee, nos dias 21 e 22 de agosto, depois de fazer três paradas nos touros que encarou durante o evento. Com o resultado, ele chegou aos 1.725,50 pontos no ranking e se distanciou 519,50 do compatriota Kaique Pacheco na busca pelo segundo título mundial da modalidade.

Além da vitória, os fãs do esporte mais radical do planeta acompanharam Leme quebrar o recorde de notas acima dos 90 pontos em uma única temporada. No sábado ele chegou a 17 paradas, ultrapassando o recorde de Cody Hart em 1999 e, no domingo, conseguiu somar mais uma à sua lista de conquistas em 2021.

Aos 25 anos de idade, o ex-jogador de futebol de Ribas do Rio Pardo, no Mato Grosso do Sul, está compondo um ano histórico. Atual campeão mundial da modalidade, Leme tem ainda sustentado a maior nota da história da PBR nestas 26 edições do Mundial — 97,75 pontos — e pode se tornar um dos maiores ganhadores de rounds e, caso conquiste o título mundial novamente, será o segundo a ter um bicampeonato na sequência (até hoje apenas Silvano Alves conseguiu o feito em 2011 e 2012.

“Eu estou muito feliz com o que está ocorrendo em minha carreira. Recordes foram feitos para serem quebrados e isso é um grande incentivo para buscar o melhor sempre. Mas eu quero focar touro a touro e fazer o meu melhor”, diz.

Etapa de Nashville

Leme faturou o primeiro round da etapa ao fazer 90,75 pontos em Show Me Homie, no sábado, 21. Já no domingo, na semifinal, ele parou os oito segundos em The Sauce par 82,25 e encerrou a noite com 91,75 pontos abordo de Bubba G, faturando o título da etapa. Na somatória da etapa ele fechou com 264,75, o que lhe rendeu 147 pontos para o ranking mundial.

Na sequência vieram três brasileiros. Alex Cerqueira foi o vice-campeão em Nashville, com 261,50 pontos, conquistados depois de parar em Poncho Villa com 87,25 no primeiro round, Canadian Mist com 86,00 na semi e 88,25 em Apper’s Mind Freak na final. Leme e Cerqueira foram os únicos com três paradas.

Maurício Gulla Moreira vem na terceira posição com 176,50 pontos gerais com duas paradas apenas, sendo uma de 87,50 em Mr. Simmons na abertura do evento, e 89,00 pontos abordo de Not Today, no segundo round. Na final ele encarou o Chiseled, vice-líder no ranking de touros, caindo aos 5,34 segundos.

O campeão mundial de 2018, Kaique Pacheco, foi o quarto melhor, com 175,75 pontos conquistados depois de parar os oito segundos em Game Day (87,75) no primeiro round e Safety Meeting, no segundo round, com 88,00 pontos. A última chance de Pacheco foi em Flight Risk, mas ele ficou por 5,77 segundos. 

Encerrando os cinco melhores da noite ficou o americano Derek Kolbaba com 170,25. Kolbaba garantiu uma parada em Ponotoc, com 81,00, e em Delbert Sr., com 89,25, respectivamente no primeiro e segundo rounds. Na final ele não passou por Drago, caindo aos 3,52 segundos.

Próxima etapa

Os melhores competidores e touros do mundo se reencontram em Fort Worth, no Texas, nos dias 28 e 29 de agosto. A PBR World Finals será realizada em Las Vegas, de 3 a 7 de novembro, com premiação de US$ 1 milhão para o vencedor, além da fivela de campeão mundial. Até lá, faltam ainda oito etapas.

Ranking mundial

1 – José Vitor Leme (BRA) – 1725,50 pontos

2 – Kaique Pacheco (BRA) – 1206

3 – Cooper Davis (EUA) – 1043

4 – Dener Barbosa (BRA) – 826,83

5 – João Ricardo Vieira (BRA) – 760

6 – Brodreaux Campbell (EUA) – 645

7 – Chase Dougherty (EUA) – 478,50

8 – Keyshawn Whitehorse (EUA) – 460,50

9 – Rafael Henrique dos Santos (BRA) – 453,50

10 – Derek Kolbaba (EUA) – 431.