Rafael dos Santos retorna e vence pela primeira vez na série principal

By: Jorge Cardoso  domingo, 15 de agosto de 2021 @ 22:13

Foto por Bullstockmedia

O jeito tímido de Rafael dos Santos desaparece assim que ele sobe no touro e coloca todo seu pensamento em parar os oito segundos e estar entre os dez melhores do mundo. E isso ele demonstrou esse final de semana na etapa de Little Rock, Arkansas, quando prometeu que viria com tudo para vencer e não perder mais pontos depois de ficar seis semanas afastado por lesão.

Dos Santos foi o único a parar nos três touros que encarou na etapa e ficou com a fivela de campeão do evento, o primeiro título de sua carreira na série principal da PBR (Professional Bull Riders) Unleash The Beast. Com o resultado, ele pulou da 17ª posição para a 9ª, garantindo agora seus 441,50 pontos.

No primeiro round a parada foi em Black Jack, com 87,00 pontos, indo para o round seguinte e conquistando novamente 87,00 pontos, mas desta vez a bordo de Stetson. Garantido na final, o brasileiro mostrou muita técnica e fez 90,75 em Twillight Zone, chegando à somatória total do evento em 264,75 pontos (133,50 para o ranking).

“Foi bom demais vencer essa etapa, ainda mais depois de eu estar fora por seis semanas. Voltei focado em conquistar um bom resultado, graças a Deus”, disse por telefone enquanto já estava pronto para voltar para casa.

 

LEIA SOBRE: RAFAEL HENRIQUE RETORNA DE LESÃO DEPOIS DE SEIS SEMANAS

 

Chase Dougherty foi o segundo melhor, com 177,25 pontos depois de parar em Liston no round inicial, com 89,50 pontos, e The Sauce com 87,75 no round final. Na semi, ele não conseguiu pontuar a bordo de Old Time Religion.

O campeão mundial de 2018 e segundo colocado na corrida pelo título dessa temporada veio logo na sequência com 176,75 pontos na somatória geral. Kaique Pacheco parou em The Bandit, com 87,00 (empate com Dos Santos) no primeiro round, e fez a melhor nota da semi, com uma parada de 89,75 em Crossover. No round final ele ficou apenas 3,69 segundos em Rocky.

Marcelo Procópio entrou no TOP5 desta etapa, garantindo 172,50 pontos com uma parada de 83,00 em Pico na rodada inicial e uma de 88,75 em CooperPoint Swagger no segundo round, mas ficou sem pontuar em Slingin Lead na final.

Encerrando os cinco melhores ficou outro brasileiro. Cláudio Montanha Jr fechou a conta com 90,5 pontos, resultado de sua única parada na etapa, inclusive, a melhor do primeiro round, em Bad Bet para 90,50. Nos rounds seguintes ele não conseguiu pontuar em Big Mac e Rum Dum.

 

Quase recorde

José Vitor Leme se mantém na liderança do mundial com 1578,50 pontos totais (424,00 de diferença para Kaique Pacheco) e encerrou a etapa na sexta colocação com 89,75 pontos conquistados na apresentação a bordo de Jersey Tuff no primeiro dia de disputas.

Por apenas 0,25 o atual campeão mundial sairia de Little Rock como o maior pontuador na casa dos 90 pontos em uma temporada da PBR. Detalhe é que Leme completou 25 anos nesse domingo, dia 15 de agosto.

 

15/15 Bucking Battle

Woopaa é o touro das grandes notas e, em especial, tem sido um excelente parceiro para José Vitor Leme e Broudreaux Campbell. O americano venceu o 15/15 deste final de semana depois de fazer 93,75 pontos a bordo do líder entre os touros.

 

Ranking mundial

1 – José Vitor Leme (BRA) – 1578,50 pontos

2 – Kaique Pacheco (BRA) – 1154,50

3 – Cooper Davis (EUA) – 1032,00

4 – Dener Barbosa (BRA) – 801,83

5 – João Ricardo Vieira (BRA) – 760,00

6 – Broudeaux Campbell (EUA) – 645,00

7 – Chase Dougherty (EUA) – 478,50

8 – Kayshawn Whitehorse (EUA) – 460,50

9 – Rafael Henrique dos Santos (BRA) – 441,50

10 – Marco Eguchi (BRA) – 425,50